EnglishPortugueseSpanish

B com B: não confunda buttom com bottom (Cid Pacheco, 1995)

(GLOSSÁRIO)

As eleições de novo vem aí e vocês verão escrito nos principais jornais – e até em alguns livros técnicos – que o candidato Fulano está distribuindo BOTTOMS da sua campanha.
A peça publicitária, redondinha, de plástico ou metal, que se prende (ou cola) na roupa – em geral no peito ou na lapela – e cuja forma sugere um botão, foi, por isso, chamada, em inglês, de BUTTON (com U e N): Button = botão.
BOTTOM (com O e M), em português, quer dizer fundo. Em inglês, como se lê no Webster, bottom é “the party of the body on which one sits” – a parte do corpo na qual a gente senta. Mas as semelhanças terminam aí.
A impropriedade da grafia pode parecer pouco importante na prática – mas se você é um técnico ou tem educação superior – evite esse erro. Pega mal, revela despreparo. E implica num risco: se você não distinguir bem uma coisa da outra, pode acontecer de sentar-se sobre um button (esquecido na cadeira, com alfinete aberto e espetá-lo no seu bottom). Aí você vai perceber a diferença, mas doí, tanto no traseiro como no ouvido educado.
 
Referência:
PACHECO, Cid.
B com B: não confunda button com bottom.
Rio de Janeiro: CPMS Comunicação, 1994.
 

Increva-se

Pesquisa

Professor Marcelo Serpa
Escola de Comunicação da UFRJ
Campus Praia Vermelha
Palácio Universitário

Tel.: +55 21 98275-5555
E-Mail: marcelo.serpa@eco.ufrj.br
                        serpa.br@gmail.com

Como chegar à

© 1997-2020 Marcelo Serpa - MS Comunicação. Todos os direitos reservados

Developed by D4W