Isso é Claude Hopkins – Histórias sobre o Cid Pacheco. CERRI Emílio. 2012.

Corria o ano de 1971. Lula Viera, diretor de criação e Francisco “Chico” Socorro, diretor de atendimento da agência carioca JMM – que tinha a conta do Banco Nacional – me convocam para um briefing. Era sobre o lançamento do Cartão Nacional, um cartão de crédito igual a todos os concorrentes, com uma pequena “diferença […]

Sete perdedores para cada vencedor (PACHECO, SERPA, 2005)

1. A Priori No Brasil, a cada dois anos ocorre uma eleição geral. Nas duas mais recentes (2010 e 2012), 501.434 candidatos disputaram 73.052 cargos. Foram quase sete perdedores para cada ganhador. A aplicação bem sucedida do marketing eleitoral demanda um pré-requisito “sine qua non”: a percepção e o conhecimento da natureza essencial do processo […]

Democracia e Propaganda Eleitoral. PACHECO Cid (1986)

DEMOCRACIA é, como se sabe, uma dessas palavras, “omnibus”, de mil significados, que cada pessoa pode usar ao sabor dos seus interesses e conveniências, homogeneizando falsamente realidades inteiramente diversas, contraditórias ou mesmo incompatíveis. Não obstante, há uma segunda palavra que, usada complementarmente, tende a sanear o significado de democracia: eleição. Eleições livres – com Propaganda livre – […]

Agências de propaganda (Menna Barreto / Resenha por Marcelo Serpa, 2007)

MENNA BARRETO. Agências de Propaganda. 2007. Longe de ser mais um tipo de empresa comum do mercado, a Agência de Propaganda é múltipla, fragmentada, excitante, irradiante, incomum – diferente mesmo, por sua própria constituição, pela maneira como processa seu produto, a forma como gera seus resultados e como se insere social, psicológica e culturalmente, através […]

Nuevo Socialismo, Un (Pacheco, Serpa, 2006)

Versão em Português (Brasil) UN  NUEVO SOCIALISMO PACHECO, Cid. SERPA, Marcelo. Un Nuevo Socialismo. Caracas: CPMS, 2006. Así como la Política y las Elecciones son una forma de “guerra”, los comunicadores sociales son una especie de “guerreros”. Y, por lo tanto, tienen su arma propia: !La Palabra! Escrita, impresa, hablada, cantada, gritada en la plaza, grafitada […]

Vivendo em outro mundo: estéticas publicitária (Cid Pacheco e Marcelo Serpa, 2006)

(Resumo do conteúdo apresentado no Seminário Comunicação / Est-ética do Consumo / Comunicação e Consumo – UFRJ / ECO / Grupo Ethos, em 2006) Refletir sobre as possibilidades de inscrição individual na sociedade contemporânea, a partir da ótica do consumo, do mercado, i.é., do Marketing, onde serão objetos de investigação as relações do Sujeito com os novos […]