Sete perdedores para cada vencedor (PACHECO, SERPA, 2005)

1. A Priori No Brasil, a cada dois anos ocorre uma eleição geral. Nas duas mais recentes (2010 e 2012), 501.434 candidatos disputaram 73.052 cargos. Foram quase sete perdedores para cada ganhador. A aplicação bem sucedida do marketing eleitoral demanda um pré-requisito “sine qua non”: a percepção e o conhecimento da natureza essencial do processo […]